ginecologista

GINECOLOGIA

A ginecologia é o ramo da medicina que cuida diretamente da saúde do aparelho reprodutor feminino e das mamas. É importante que toda mulher faça consultas regulares à esse especialista como forma de cuidado com a própria saúde e prevenção de patologias.
infertilidade

INFERTILIDADE

A causa da infertilidade, em alguns casos, pode ser difícil de determinar. No entanto, pode incluir níveis inadequados de hormônios em homens e mulheres, assim como problemas de ovulação nas mulheres. O principal sintoma é a incapacidade de engravidar e, na maioria dos casos, é o único.
Existem diversos tratamentos que melhoram significativamente as chances de engravidar. Eles incluem tratamentos hormonais, medicamentos para a fertilidade, e, em casos mais complexos, cirurgia. Além disso, também há a reprodução assistida, que utiliza várias técnicas médicas para fertilizar um óvulo.
reproducao-assistida

REPRODUÇÃO ASSISTIDA

Trata-se de um conjunto de tratamentos que podem ajudar a mulher a engravidar sem a necessidade de relações sexuais. Atualmente, existe diversas possibilidades de intervenções e é necessário uma avaliação clínica com um especialista em reprodução humana para avaliar o que mais se adéqua com o seu caso.
A inseminação artificial e a fertilização in vitro são as técnicas mais utilizadas.
endometriose

ENDOMETRIOSE

Caracteriza-se pela presença do endométrio – tecido que reveste o interior do útero – fora da cavidade uterina, isto é, em outros órgãos da pelve: trompas, ovários, intestinos e bexiga.
oncofertilidade

ONCOFERTILIDADE

A Oncofertilidade é a parte da medicina que cuida da fertilidade dos pacientes com câncer.
O tratamento permite a preservação dos gametas de pacientes oncológicos. É indicado para manter a fertilidade de homens e mulheres que ainda desejam ter filhos biológicos no futuro, uma vez que tratamentos quimioterápicos e radioterápicos podem comprometer a fertilidade.
histeroscopia

HISTEROSCOPIA DIAGNÓSTICA E CIRÚRGICA

Trata-se de um procedimento com baixos índices de complicações. É realizado para avaliar a presença de elementos estranhos no útero, e até mesmo para a retirada desses. É minimamente invasiva, feita através da inserção de um aparelho chamado histeroscópio, que possibilita que o médico veja o interior do útero e das tubas uterinas.
mirena

MIRENA - DIU HORMONAL

Indicado para prevenir a gravidez e para o tratamento de perda de sangue de forma exagerada durante o período menstrual, Mirena é um sistema intrauterino que libera hormônios. Também é indicado em casos de endometriose, quando há o crescimento anormal do endométrio, tecido que reveste o útero.
doenca-hormonal

DOENÇAS HORMONAIS DA MULHER

Os hormônios são substâncias muito importantes para o funcionamento pleno do nosso organismo. Eles regulam o crescimento, fornecem energia, são responsáveis pelo ciclo menstrual, entre outras funções indispensáveis. Os problemas acontecem quando existe excesso ou falta desses hormônios, originando alterações que necessitam de um cuidado médico especial para diagnóstico e tratamento.
ovarios-policísticos

OVÁRIOS POLICÍSTICOS

A síndrome dos ovários policísticos são um distúrbio hormonal que aumenta o tamanho dos ovários com cistos na parte externa.
Entre seus sintomas estão a irregularidade menstrual, excesso de pelos, acne, ganho de peso e até mesmo obesidade.
É necessário o acompanhamento médico especializado para o devido diagnóstico e tratamento, que inclui o uso de pílulas anticoncepcionais para regularizar a menstruação, hormônios para controlar o excesso de pelos, entre outros.
utero-septado

ÚTERO SEPTADO/BICORNO

O útero septado é consequência de uma anomalia congênita, isto é, uma má formação da cavidade uterina. As causas, ainda hoje são estudadas. Em alguns casos, essa absorção é incompleta, o que gera uma membrana fina chamada de septo. Na maior parte das mulheres, um útero septado pode ser assintomático. As principais consequências do útero septado são dificuldade para engravidar e abortos frequentes.
lise

SINÉQUIAS INTRAUTERINAS

Sinéquias uterinas são cicatrizes formadas no interior do útero. Essas marcas também são conhecidas como aderências. Elas podem surgir devido à uma agressão ao endométrio, traumas pós-parto ou pós-aborto, cesarianas e cirurgias intrauterinas. As sinéquias uterinas podem ser assintomáticas, entretanto, também podem causar alterações menstruais, abortos e até mesmo infertilidade.
polipos-endometriais

PÓLIPOS ENDOMETRIAIS

Pólipos endometriais são tumor, geralmente benignos, fixados na parede interna do útero. São comuns em mulheres na menopausa ou pós-menopausa. O tamanho do pólipo varia em cada caso.
Dentre os sintomas, podemos citar sangramento menstrual irregular e sangramento após a menopausa.
Com o devido acompanhamento médico para o melhor diagnóstico e tratamento, eles podem incluir medicamentos hormonais e cirurgia.
miomas-uterinos

MIOMAS UTERINOS

Miomas uterinos são tumores benignos que podem se desenvolver no útero durante a idade fértil da mulher. Dentre suas causas possíveis estão histórico familiar, obesidade ou início precoce da puberdade.
Sangramento menstrual intenso, períodos menstruais prolongados e dores pélvicas são sintomas de miomas uterinos. Todavia, há casos em que não é apresentado nenhum sintoma. Por isso, é importante que toda mulher faça um acompanhamento regular ao médico ginecologista. Os tratamentos incluem medicamentos e remoção do mioma.
Tumores benignos no útero que podem se desenvolver durante a idade fértil da mulher.
climaterio

CLIMATÉRIO

O climatério pode ser entendido como o período de transição entre o período reprodutivo e o não reprodutivo de uma mulher. Trata-se dos sintomas que aparecem antes e depois da menopausa, oriundos das variações hormonais inerentes a esse período.
reposicao-hormonal

REPOSIÇÃO HORMONAL

A Terapia de Reposição Hormonal é um tratamento que possibilita aliviar os sintomas típicos da menopausa e da andropausa.
Para isso, este tipo de terapia utiliza medicamentos que ajudam a repor os níveis de hormônios, que são diminuídos com a idade.
Mediante avaliação médica qualificada para diagnóstico e tratamento preciso, a reposição hormonal pode ser feita na forma de comprimidos ou adesivo para a pele e a duração do tratamento pode variar entre 2 a 5 anos, dependendo de pessoa para pessoa.
sexualidade-humana

SEXUALIDADE HUMANA

A Sexualidade Humana está baseada na atração sexual e na afetividade compartilhada com o parceiro(a). Engloba um conjunto de aspectos: biológicos, psicológicos e até mesmo emocionais. Está relacionado com a capacidade de procriação mas, também, com a possibilidade de obter e oferecer prazer na relação.
 
 

ENTRE EM

CONTATO



Rua Henriqueta Galeno, nº 470 - Dionísio Torres
Fortaleza - CE
85 3457 6366
contato@goclinic.com.br
 
 

HORÁRIO DE

FUNCIONAMENTO



Segunda - Quinta07:00 - 20:00
Sexta07:00 - 11:00
 
icone-equipe

EQUIPE ESPECIALIZADA

Profissionais com vasta experiência e diversos procedimentos complexos realizados.

icone-estrutura

ESTRUTURA COMPLETA

Dispomos de uma estrutura moderna projetada para atender todas as suas necessidades.

icone-procedimentos

PROCEDIMENTOS MODERNOS

Estamos em constante atualização para trazer para você a o que está na vanguarda em técnicas e procedimentos.

icone-prevencao

CUIDADOS E PREVENÇÃO

O melhor cuidado é a prevenção! Consulte-se periodicamente e conte conosco para fazer o seu acompanhamento.

 
 
CORPO

CLÍNICO

A G.O. Clinic conta com uma equipe de profissionais altamente qualificados prontos para cuidar de você.

O Dr. Marcus Bessa possui vasta experiência em vídeo-histeroscopia, com mais de 20.000 cirurgias realizadas, sendo assim, um expert em cirurgias histeroscópicas de alta complexidade.

A Dra. Rayanne Pinheiro tem especialização em Sexologia Clínica pela Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública / CESEX e é mestre em Sexualidade Clínica pela Universidade Nacional, Espanha.

dra-rayana
DRA. RAYANNE PINHEIRO



dr-marcus
DR. MARCUS BESSA